Mestre Carlos Cruz (à direita) ao lado de Bill Wallace na cerimônia do Livro Grandes Mestres das Artes Marciais (2019)

Mestre Carlos Cruz

    Nasceu em Cubatão, Litoral Sul de São Paulo, em 1965, cidade onde reside. Começou a prática de artes marciais no início da década de 80, quando ficou curioso ao ler o seguinte anúncio na rua: “Taekwondo - a luta dos homens voadores”. Não pensou duas vezes, foi conhecer a academia e efetivou a matrícula. Na primeira aula, foi recebido pelo mestre Aparecido Fidélis, responsável por ensinar os primeiros movimentos e o amor pelas artes marciais.
    Depois de um período, o Mestre Fidélis deixou de lecionar na cidade, e no mesmo período, o Mestre e campeão Fábio Goulart, recém-formado faixa preta, passou a ministrar aulas na extinta academia Dany Ginástica.
    Treinou Taekwondo por mais alguns anos, até a ida de mestre Fábio Goulart para a Europa. Passou, então, a praticar Karate Goju-ryu com o mestre André Ferreira de Oliveira, quando retornou de uma temporada no Japão.
    Mestre André era considerado a maior referência marcial em Cubatão, e até hoje é lembrado e respeitado por mestres de todas as modalidades. Infelizmente, em 1994, faleceu em um cidente automobilístico.


   No final dos anos 80, o Professor Carlos Cruz deparou-se com a arte marcial que ensina até hoje. Na época, o Kickboxing era conhecido como Karate Full Contact. Inicialmente, treinou na Academia Santista de Full Contact, que estava vinculada ao mestre Batarelli. Alguns anos depois, mestre Aparecido Fidélis passou a oferecer aulas de Full Contact ao lado da ASFC, na extinta Olimpic Center. Logo, Carlos Cruz voltou a treinar com o primeiro mestre. Em 1991, a convite dele e com a ajuda de um grande amigo, João Alfredo, montou a primeira turma de Full Contact, sendo o pioneiro da modalidade em Cubatão.

 

    O Mestre Carlos Cruz é formado faixa preta de Kickboxing, GM 7° Dan pela CBLAM, 5° Dan pela ISKA e 2° Dan pela WAKO. Conseguiu como técnico levar inúmeros títulos para Cubatão, além de troféus estaduais e nacionais, e formar campeões sul-americanos e pan-americanos.


  Nos anos de 2013 e 2014, recebeu a Homenagem Esportiva na ALESP. Em 2014 e 2016, foi agraciado com a Moção de Aplausos e a Medalha Legislativa do Mérito Esportivo na Câmara de Cubatão. Recebeu o Título de Dr. Honoris Causa em Agosto de 2023 por sua trajetória de 40 anos nas Artes Marciais.

 

  Foi um dos Técnicos da Seleção Brasileira de Kickboxing nos Campeonatos Sulamericano no Paraguai em 2011, Panamericano na Argentina em 2014 e Sulamerucano no Chile em 2015.

 

    Tem sua biografia registrada no Livro Grandes Mestres das Artes Marciais América Latina, da Editora Bueno. O momento que marcou sua vida, foi conhecer pessoalmente o Pai do Kickboxing, Bill ‘’Superfoot’’ Wallace, que veio ao Brasil , em um seminário realizado em 2019.

 

    Hoje preside o Instituto Carlos Cruz de Artes Marciais, onde realiza projetos voltados à promoção da saúde física e mental de seus praticantes.

1991 - Primeira turma de alunos